Termos utilizados na Hotelaria

Vira e mexe quando você precisa fazer uma viagem, se depara com os termos de Turismo e Hotelaria e fica com cara de paisagem para a recepcionista, aeromoça ou agente de viagem…pois é, segue algumas dicas dos termos mais utilizados nas viagens:

AC – apartamento com ar-condicionado 
AGT – agente de turismo 
ARPT – aeroporto 
CHD – criança 
Cia aérea – companhia aérea 
DBL – apartamento duplo 
DLX – apartamento de luxo 
DLY – diária 
EAP – cada pessoa adicional 
G – hóspede/cliente 
OF – apartamento com vista para o mar 
PAX – passageiro/cliente 
PP – por pessoa 
PRKG – Estacionamento 
RES – central de reservas/reservas 
SC – taxa de serviço 
SGL – apartamento single 
STD – apartamento standard 
STE – suíte 
TPL – apartamento triplo 
WC – banheiro/toalete no apartamento 
WKLY – pacote de uma semana


All Inclusive: 
- Bebidas, refeições (café da manhã, almoço, jantar e refeições intermediárias) e entretenimento, inclusos na diária.
All Suites: 
- Hotel que só tem suítes (ou seja, quartos em que há sempre uma sala anexa).
Bell Boy: 
- Mensageiro de hotel.
Ball Room:
- Salão de baile, festas, eventos, congressos.
Block Off:
- Bloqueio de determinado número de assentos, em vôos regulares, para uso exclusivo.
Bloqueio/Allotment: 
- Número de assentos, em Cia Aérea, ou apartamentos, em hotéis, reservados para utilização por parte da operadora, desde que reportados dentro de um prazo determinado antecipadamente, de comum acordo entre estas empresas.
By Night:
- É o passeio noturno, que geralmente inclui ingresso a casas de shows ou visita a pontos turísticos.
Carry On: 
- Bagagem de mão permitida a bordo de aviões, com peso máximo de cinco quilos por passageiro. A soma do comprimento, altura e largura têm limite de 115 centímetros.
City Tour/Sightseeing: 
- Passeio turístico por uma cidade, geralmente a bordo de ônibus/micro-ônibus, com guia local.
Code-Sharing: 
- É o vôo compartilhado, entre duas ou mais companhias aéreas. Pelo acordo, passageiros que adquiriram passagem aérea de uma determinada empresa, podem embarcar no vôo de outra. Uma Companhia cede assentos para a outra conveniada acomodar seus passageiros.
Collect Call:
- Ligações telefônicas a cobrar no local de destino. Existe um serviço da Embratel chamado Brasil Direto, com atendimento em português.
Conciergerie:
- No hotel, a conciergerie, normalmente está localizada ao lado da recepção e presta serviços de informações sobre assuntos diversos (passeios, gastronomia, transporte, etc), que não se refiram à hospedagem.
Data Porta: 
- Instalação oferecida nos apartamentos dos hotéis com entrada para laptop.
Day Use: 
- Utilização parcial de uma diária hoteleira. É muito utilizado em hotéis próximos a aeroportos para passageiros em trânsito (aguardando conexões entre vôos).
Dead Line/Prazo Final: 
- Prazo para reconfirmação e/ou pagamento de serviços contratados.
Early Check-in:
- Entrada de hóspede ao hotel em horário anterior ao regular, 12h (é o de praxe, mas existem exceções). É uma tolerância que pode ou não ser concedida, quando há disponibilidade, sem cobrança de ônus ao hóspede.
Fap/Pensão Completa/Full-Board: 
- Diária de hotel que inclui três refeições (café da manhã, almoço e jantar – normalmente sem bebidas).
Fitness Center/Health Club: 
- Na hotelaria, é um complexo que pode agrupar vários serviços: sala de ginástica, sauna, massagem, piscina, salão de beleza.

 Forfait: 
- É o serviço que chamamos em nosso site de “viagem sob medida”, um roteiro de viagem feito para atender a necessidade específica do passageiro. O sinônimo é “taylor made” ou feito sob medida.
Fretamento/Charter:
- Vôo realizado em uma aeronave fretada, com tarifas mais econômicas que as praticadas no mercado e com regras pré-estabelecidas quanto à duração, data de saída/regresso e destino, entre outras.
Full Fare: 
- Tarifa publicada, sem descontos. Na hotelaria, é a “balcão” (aquela afixada na recepção). Na Cia. Aérea, é a tarifa “cheia”.
Jet-Lag: 
- Desajuste do relógio biológico ocasionado pela troca de fuso horário.
Gym: 
- Ginásio, ou workout room, que é a sala de malhação.
King Size Bed: 
- Cama de casal do tamanho de três camas de solteiro. O padrão americano é 2m por 2m.
Late Check-out: 
- Saída do hóspede do apartamento após o horário padrão, 12h (é o de praxe, mas existem excessões). É uma tolerância que pode ou não ser concedida, quando há disponibilidade, sem cobrança de ônus ao hóspede.
Lift:
- Teleférico, meio de elevação. As chairlifts são cadeirinhas individuais que levam esquiadores ao topo das montanhas.
Lista de espera/Wait List:
- Diz-se daquela solicitação de serviço ( reserva de viagem, bilhete aéreo, etc) pendente de confirmação.
Lodging House, Youth Hostel: 
- Albergue.
Lounge: 
- No exterior, é o que chamamos de sala vip nos aeroportos brasileiros. Nos hotéis, pode ser sala de estar e bar.
Map/Meia-Pensão/Half-Board: 
- Diária de hotel que inclui duas refeições (café da manhã e almoço ou jantar – normalmente sem bebidas).
No Show: 
- É o não comparecimento do passageiro, no dia e horário marcado, para utilização de um serviço adquirido ( mais usado para embarque em Cias Aéreas e hospedagem).
Outlet: 
- Ponta de fábrica. Lojas que vendem a “preço de fábrica”. Também são chamadas de factory outlet e outlet mall.
Overbooking: 
- Comercialização de bilhetes aéreos ou apartamentos em número acima dos disponíveis para ocupação.
Pensão Completa/FAP/Full-Board: 
- Diária de hotel que inclui três refeições (café da manhã, almoço e jantar – normalmente sem bebidas).
Queen Size Bed: 
- Cama de casal pequena (de viúvo). O padrão americano é 2m por 1,20m.
Person to person: 
- A ligação telefônica só é efetuada se atender a pessoa solicitada.
Pitch: 
- O espaço entre as poltronas de um avião.
Preservative: 
- Conservante de geléias e enlatados.
Receptivo: 
- É a agência credenciada pela empresa operadora da viagem, para receber os passageiros nos destinos e realizar os passeios incluídos na programação.
Rooming List: 
- Relação de nomes de passageiros, divididos de acordo com os hotéis e acomodações a serem utilizados.
Ski-In/Out: 
- Diz-se de hotel de montanha onde o hóspede pode sair/chegar esquiando. Trilha de esqui que liga o hotel diretamente às pistas regulares.
Stand By: 
- Situação do passageiro que aguarda resposta sobre algum serviço solicitado (confirmação de passagem aérea, viagem, hotel, trem, etc.).
Traslado/Transfer: 
- É o transporte terrestre de um passageiro. Pode ser “in/out”, quando se tratar do traslado de chegada/saída de um passageiro, em determinada cidade ( transporte do Aeroporto até o hotel e vice-versa).
Up-Grade: 
- Serviço oferecido como “cortesia” , por hotéis, navios, Cias. Aéreas, onde o passageiro usufrui um serviço superior ao que foi adquirido.
Valet: 
- Mordomo que atende andares executivos (hotelaria). Funcionário que atende os quartos.
Valet Parking: 
- Estacionamento com manobrista.
Vôo Regular: 
- Vôos operados regularmente pelas Cias Aéreas, para vôos comerciais, nos os quais dispomos de acordos comerciais.
Voucher: 
- É o documento entregue ao passageiro com todas as especificações dos serviços turísticos adquiridos. Ele pressupõe a confirmação dos serviços descriminados.

About these ads

16 Respostas para “Termos utilizados na Hotelaria

  1. Up-Grade é quando um jogador do Palmeiras é contratado pelo Corinthians , esse jogador teve um Up-Grade

  2. Boa tarde Renato,

    Agradeço sua participação no blog.
    Up-Grade na Hotelaria é como uma “cortesia”, ou melhor, é uma transferência de uma classe para outra superior sem pagamento de taxa adicional.
    Mas concordo com você, que quem sai do Palmeiras e vai para o Timão dá um ótimo passo….kkkkkk

    Um grande abraço e estou à disposição para esclarecimentos quando o assunto é sobre Hotelaria ou Corinthians.

  3. Bom dia,
    Adquirimos um pequeno hotel no interior de Minas e, como sou novata no ramo, gostaria de um esclarecimento sobre como funciona a “tarifa net”. Já descobri que é a tarifa de balcão. Mas como manter a tarifa de balcão pra uma agencia, por exemplo, com todas as despesas de cobrança bancária, correio e ainda o prazo para pagamento?
    Pretendo agir de forma correta com as agencias ou empresas, sem ter qualquer prejuizo para o meu hotel.

    Desde já agradeço,
    Sania

  4. Olá,

    qual é o significado de permuta e uso da casa?

    obrigada!

  5. Vc poderia me dizer o significa tenda car no termo hoteleiro?

  6. Bom dia Victória,

    Desculpe a demora, mas não estava conseguindo atualizar o blog.
    Respondendo sua pergunta, permuta é um contrato pelo qual as partes se obrigam a dar uma coisa por outra que não seja dinheiro, ou seja, são suscetíveis de troca todas as coisas que puderem ser vendidas, não sendo necessários que os bens sejam da mesma espécie ou tenham igual valor. É uma negociação de espaço (imóvel) ou de tempo de um veículo, em troca de produtos ou serviços do anunciante, mediante acordo prévio entre as duas partes.

    Um grande abraço

  7. Já quanto ao uso da casa, eu não sei em que contexto estava quando vc viu, mas supostamente está indicando que é uma regra ou um produto ou formulário que deve ser utilizado exclusivamente “na casa” (hotel).

    Agradeço
    Abraço

  8. Bom dia Thammyres

    É este mesmo o termo? tenta car?

    Aguardo seu retorno

    Abraço

  9. por favor, trabalho no ramo de hotelaria e gostaria de saber o significa o termo “tarifa net”

    obrigado

    Silvio

  10. Boa noite Silvio,

    Desculpe a demora pra responder mas eu não estava acessando o blog porque estou me dedicando ao meu bebê…rssss
    Tarifa net é uma tarifa para utilizar o serviço de internet no hotel em que vc está hospedado.
    Tudo depende do que contempla sua reserva, alguns hotéis deixam a tarifa livre e é só pegar a senha na recepção. Mas outros cobram pelo serviço.

    Espero ter ajudado.
    Abraços

  11. Deculpe,estava pesquisando sobre os termos na hotelaria e achei esta blog, o qual me ajudou muito. Mas lendo, o questionamento do Sr. Silvio sobre TARIFA NET. Não pude deixar de colaborar para um melhor esclarecimento.
    Tarifa Net- é a tarifa diferenciada que um estabelecimento de hospedagem aplica a uma agência ou operadora, podendo ou não ser comissionada, depende do acordo firmado entre as empresas. Na tarifa net não esta incluso as taxas de serviço(10%) e impostos (ISS).Também não deve ser cobrada do hospede tal percentual refente a hospedagem, ele pagará somente a taxa sobre o consumo e outros serviços.
    È aplicada a sites de vendas, como Booking. Travelscape. Decolar e outros. Assim estas empresas compram o seu produto e revendem mantendo a margem de lucro delas. No caso da tarifa NET é uma tarifa confidencial, ou seja o Hóspede não sabe o valor.
    Espero ter colaborado.

  12. Olá Nailton, como vai?

    Agradeço pela colaboração que foi útil para todos nós sem dúvida.
    Espero que continue me ajudando e passeando pelo blog.
    Atenciosamente
    Heronita

  13. Bom dia?

    Alguém sabe me dizer qual a diferênça entre tarifa operadora e tarifa net na rede hoteleira.

    Desde já agradeço.

    Jeane

  14. Pessoal, deixa eu colaborar um pouco mais sobre tarifa net.

    Net, neste caso, é de neto, como o peso neto dos alimentos, ou líquido, para que fique mais claro. Ou seja, a tarifa net é a tarifa “líquida”. Esta é a tarifa que o hotel repassa para o intermediário vender, cabendo a este último jogar sua margem de lucro antes de vender ao hóspede final. A esta margem de lucro chamamos de “mark-up”.
    Assim, a tarifa net operadora é uma, e a tarifa net agência é outra, uma vez que a Operadora de Turismo revende a tarifa para a agência de turismo, que por sua vez revende ao cliente final. Assim sendo, o hotel tem que fazer uma tarifa para operadora mais barata do que faz para agência. A tarifa net passada pelo hotel é aquela que ele (o Hotel) irá receber de seus intermediários, não interessando ao hotel por quanto foi vendida ao hóspede.

  15. Lucas Raganhan

    Acredito que o termo que a Thammyres se refira é “Tent Card”.
    Geralmente é um material promocional usado como tentativa de levar o hospede a usufruir. Por exemplo: se no check-in ele não aceita a adesão a um programa de fidelidade, ao chegar no apartamento ele encontra sobre a mesa de trabalho o “tent card” com o convite a entrar e desfrutar de vantagens e ele pode se interessar ou não.

    Espero ter ajudado

  16. Falando sobre tarifa net, qual a “taxa de desconto” comumente utilizada pelos hoteis para venda às operadoras? Estou abrindo uma pousada e preciso calcular minha tarifa net. Agradeço…..

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s